Manifestando o meu protesto contra a Rede Globo e a informação equivocada sobre a transmissão da Toxoplasmose

 


Quem me conhece sabe o quanto gosto de animais e que sempre os defendi com todas as minhas forças. São seres inocentes, amorosos e não acho justo que eles sofram as consequências da estupidez humana, que tanto permeia a nossa existência (em todos os sentidos).  Mas desde a mais tenra idade que nutro pelos gatos um amor incondicional, inexplicável. Gatos me fascinam e fazem com que minha vida seja mais alegre e leve.

Por estas razões, fico muito chocada – para não dizer indignada ou possessa – quando ouço falar de casos de maus tratos, de abandono ou de situações motivadas pela ignorância e preconceito (secular) contra os bichanos.  Contudo, pior que ter a consciência de que ainda há muito a ser mudado com relação a estas questões, é saber que a mídia, ao invés de colaborar para a promoção do combate a tais atitudes acaba por reforçá-las.

Faço esta afirmação pelo seguinte: no capítulo de 04/04/2011 da novela das nove da Rede Globo – Insensato Coração –  foi exibida uma cena em que a personagem Carol (interpretada pela atriz Camila Pitanga que na trama, está grávida) ao deparar-se com uma gata, afirma: “Eu não posso nem chegar perto. A Sônia disse que eu corro o risco de pegar toxoplasmose. É perigoso!” e em seguida pede para sua amiga pegá-la… (Veja o trecho na íntegra aqui http://insensatocoracao.globo.com/capitulo/leo-seduz-carmem.html#cenas/1477104 )

Mas, esperem um pouco… Desde quando a toxoplasmose é contraída desta forma?

De acordo com o artigo Conheça a Toxoplasmose e Desfaça Mitos, de Marisa Moraes (disponível na íntegra aqui  http://adoteumgatinho.uol.com.br/materias/toxo1.htm) “O contágio do ser humano se dá principalmente pela ingestão de leite (principalmente de cabra) “in natura” (ou seja, sem pasteurização); carnes (pincipalmente carnes de porco, cabrito, carneiro e coelho) cruas ou mal cozidas; água contaminada (de locais onde não há saneamento básico); frutas e verduras mal lavadas ou pelo contato com terra ou areia, contaminadas por fezes de animais doentes. O simples ato de temperar um bife usando as mãos pode ser uma forma de contágio.

Os utensílios utilizados no preparo das carnes, se não forem bem lavados, também representam uma possibilidade de ficar exposto à doença. […]  Para que ocorra o contágio é necessário que se consuma uma alimento que teve contato com as fezes que contenham ‘’ovos’’ contaminantes e que estas fezes tenham ficado expostas ao meio ambiente por 5 dias. Sendo assim, o contato com as fezes frescas não é capaz de causar a infecção. Portanto, hábitos simples de higiene como limpar a caixa de areia diariamente lavando as mãos em seguida, lavar as mãos e os alimentos antes da refeição são importantes para se evitar a doença.

Geralmente as fezes do gato sadio são firmes. A menos que o gato esteja doente muito pouco ou nenhum resíduo de fezes ficará na região perianal. Outro fato é que normalmente os gatos não estão diarréicos durante o período que excretam os ‘’ovos’’ contaminantes. Desta forma, conclui-se que o meio mais provável de contato do humano com a doença se dá através do contato direto com a terra ou água contaminada, um exemplo: caixas de areias de parques e praças públicas, já que é habito dos felinos enterrarem suas fezes na terra fofa ou areia”.

Agora, pergunto: por que não houve o cuidado da emissora em informar corretamente milhões de telespectadores?

Por conta desse e de tantos outros mitos que foram perpetuados ao longo de tanto tempo, todos os meses milhares de gatinhos são abandonados à própria sorte nas ruas e sujeitados a todos os tipos de perigos e crueldade.  E todos nós somos  responsáveis por esta triste realidade, pois omitir-se é ser conivente.  Portanto, sugiro que mesmo quem não acompanhou o capítulo supracitado, mas que tenha ao menos algum apreço e respeito pelos animais manifeste a sua desaprovação, exigindo uma retratação ou retificação do que foi veiculado  através do http://falecomaredeglobo.globo.com/ . Quem sabe assim, a gente consiga fazer com que haja mais critério para a exibição em rede nacional de temáticas que poderiam ser de utilidade pública.

 

Aproveito para compartilhar um texto excelente e bastante esclarecedor sobre o tema: http://blog.gatoca.com.br/2010/03/o-mito-da-toxoplasmose.html

 

 

 

Anúncios

Sobre Cláudia Gavenas

Paulistana, 26. Designer, gateira, feminista e musical. Meio perdida na vida, mas não tem certeza se realmente quer se encontrar...
Esse post foi publicado em Animais, Mídia, Reflexão, Sociedade e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Manifestando o meu protesto contra a Rede Globo e a informação equivocada sobre a transmissão da Toxoplasmose

  1. Kjm disse:

    Claudia,
    Cheguei por acaso ao seu blog (muito legal por sinal) e concordo com tudo que vc falou!

    Mas esperar o quê da ridícula TV Globo? Sugiro tentar assistir outros canais mais relevantes para sua existência e deixar a “vênus platinada” restrita a sua própria triste mediocridade!

    E salvem os gatos!

    Abraços!

    • Cláudia disse:

      Obrigada pela visita, Kjm! Na verdade, tenho assistido muito pouco aos programas de TV. Acompanho esporadicamente a novela supracitada e não me contive ( assim como muitos ativistas ou pessoas que conhecem o real ciclo de transmissão da Toxoplasmose) quando vi uma cena tão jocosa quanto a apresentada no capítulo que me referi no post.
      Agradeço novamente a visita e seja bem vindo de volta sempre! Ter esse feedback com leitores como você é uma das razões que me motiva (e muito) a nunca parar de escrever.

      Abraços!

  2. Oi Cláudia, fiz a reclamação e veja a resposta deles:

    —–Original Message—–
    From: FALE COM A GLOBO [mailto:falecom@redeglobo.com.br]
    Sent: quinta-feira, 7 de abril de 2011 13:22
    To: frutovermelho@gmail.com
    Subject: INSENSATO CORAÇÃO – CRÍTICA – 07/04/2011

    Ari Mascarenhas

    Agradecemos sua audiência e respeitamos a sua opinião.

    Respeitamos sua crítica, que será encaminhada à equipe da novela Insensato Coração.

    Entendemos sua preocupação, mas destacamos que a referida cena registra o encontro entre a personagem Carol (Camila Pitanga) – que está grávida – e um gato de procedência desconhecida. Na sequência, o desfecho da trama é conduzido pelo personagem André (Lázaro Ramos), que, sem conhecer as formas de contágio da toxoplasmose, vai em busca de mais informações sobre o assunto. Entendemos que as novelas, como obras de ficção sem compromisso com a realidade e inseridas na categoria entretenimento, desempenham o papel justamente de suscitar o interesse, a curiosidade e a reflexão sobre temas da atualidade.

    Está a cargo de outros programas de nossa grade de programação esclarecer e informar o telespectador com opiniões de especialistas e resultados de descobertas científicas. A importância da consulta a profissionais de saúde é destacada sempre em nossas coberturas jornalísticas, assim como nas campanhas institucionais de entidades do segmento que a Rede Globo veicula gratuitamente com regularidade.

    Cordialmente,
    Rede Globo

    Resumindo: Eles não se responsabilizam por nenhuma besteira dita nas novelas que apresentam. Ou seja, o telespectador que se lixe. “Um gato de procedência desconhecida” em cima de um carrão de luxo, realmente é de se causar bastante espanto e deve-se manter a distância. A Globo é realmente uma piada.

  3. Oi Cláudia,
    Quem me conhecço sabe que não tenho nenhum afeto com animais de estimação. Gatos e cachorros não me atraem, mas, eu os respeito muito como seres vivos e pelo que representam às pessoas que tem um profundo carinho e amor por eles. Bem, não tenho e nunca terei um gato, por questão de gosto, mas toda e qualquer agressão, maltrato ou abandono de animal eu repudio com veemência. Estou aderindo a sua campanha e divulgando no Blog. Não gostar de animais e extimação é um direito que todos têm, agora difamar, maltratar, entre outras violências contra esses seres indefesos e que não fazem mal a ninguém, é crime e uma desumanidade imensurável.

    Abraços

    Ari Mascarenhas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s